Setor do Papel fecha convenção coletiva com reajuste de 10,78%


Os trabalhadores nas indústrias de papelão de Santa Catarina, através de sete sindicatos e a Federação dos Trabalhadores nas Indústrias de SC (Fetiesc), chegaram a um consenso e acertaram o reajuste salarial para o ano 2021/2022. As empresas irão repor a inflação do período, de 10,78%, além de manter todas as cláusulas da convenção coletiva anterior. “Estamos assistindo a volta da inflação”, comenta o presidente do Sintiquip, João Brasil.
Os trabalhadores da Categoria de Papel receberão os salários do mês de outubro (pago no início de novembro) com o reajuste. Para o presidente do sindicato, o aumento não pode ser visto como se fosse ganho no salário. “É apenas a reposição da inflação, mostrando que os ganhos mensais estão sendo corroídos pela alta dos preços”, comenta João Brasil.

Abrir chat
Olá! Tudo bem? Como posso lhe ajudar?
Olá! Tudo bem?
Como posso lhe ajudar?