Inflação chega a 9,85% no acumulado de agosto e será base para negociações de químicos e borrachas


A inflação acumulada no ano, com base no mês de agosto, chegou a 9,85% e servirá de base para negociações salariais dos setores de químicos e borrachas neste mês. Conforme o presidente do Sintiquip, João Brasil, a inflação alta não representa ganho real aos trabalhadores. “É apenas a desvalorização oficial dos salários. Para ter aumento de fato, precisamos conseguir um reajuste maior do que aponta a inflação”, explica.

A inflação de 1,02% no mês de julho, com base no Índice Nacional de Preços ao Consumidor (INPC), fechou o acumulado dos 12 meses para data-base em agosto. O mês é utilizado como referência para as negociações salariais dos trabalhadores dos setores de borrachas e químicos.

Segundo Brasil, ainda nesta semana o setor patronal do estado deve começar as negociações com os sindicatos dos trabalhadores, que fazem as negociações de forma unificada em Santa Catarina. “A promessa é de que após o dia 12 eles nos recebam”, afirma.

O presidente do Sintiquip lembra de que os 9,85% são apenas os valores que os salários foram desvalorizados no último ano. “Talvez seja até um valor maior, pois os preços de produtos como gasolina e gás de cozinha subiram demais, além de outros produtos, inclusive da cesta básica”, diz.

Para os trabalhadores conseguir um aumento que seja real, é preciso ser além da inflação. “Isso só vamos conseguir com a mobilização da categoria”, comenta.

Abrir chat
Olá! Tudo bem? Como posso lhe ajudar?
Olá! Tudo bem?
Como posso lhe ajudar?