Trabalhadores das indústrias plásticas terão reajuste de 6,94% a partir deste mês


Trabalhadores e patrões chegaram ao acordo do repasse da inflação de 6,94% para o setor de plástico em Santa Catarina e que deve ser pago na folha de abril, até o quinto dia útil de maio. Os pisos salariais ficaram em R$1.596,61 e após 45 dias R$1.632,76. As demais cláusulas da Convenção Coletiva dos anos anteriores foram mantidas.

Representantes dos trabalhadores e dos patrões se reuniram no dia 24 de março por videochamada para realizar a segunda rodada de negociação do setor plástico que tem data-base 1º de abril. As negociações foram realizadas em conjunto com a Federação dos Trabalhadores de Santa Catarina (Fetiesc). As partes entraram em consenso na negociação e o INPC de abril, mês data base, será aplicado em todas as cláusulas econômicas (reajuste salarial e piso).

Em relação a taxa negocial, foi acertado o desconto de 3,5%, não podendo ultrapassar R$ 204 por trabalhador. Os descontos serão na folha de maio, a ser paga até o quinto dia útil do mês de junho. O associado pagará o valor da mensalidade normalmente, que é de R$ 17, sem qualquer valor a mais.

Para o presidente do Sintiquip, João Brasil, o Sindicato precisa se fortalecer cada vez mais nestes momentos. “Precisamos da ajuda de todos para fazer um sindicato forte. Portanto é importante a contribuição da taxa ou a sindicalização dos trabalhadores”, comentou.

Os trabalhadores que optarem por fazer oposição e não quiser o desconto em folha poderão fazer por escrito em próprio punho em duas vias. Uma delas deverá ser entregue pessoalmente na sede do Sindicato e a outra no departamento de recursos humanos das empresas. As regras foram determinadas em assembleias realizadas em 8 até o dia 13 de fevereiro.

Abrir chat
Olá! Tudo bem? Como posso lhe ajudar?
Olá! Tudo bem?
Como posso lhe ajudar?